Parque canino em Évora – 1º Dog Park do Alentejo?

Apesar dos parques caninos serem um conceito recente em Portugal, o considerado primeiro parque canino do mundo, surge em 1983, com o nome de “Ohlone dog park”, em Berkeley, Califórnia. O número de parques caninos tem vindo a aumentar consideravelmente por todo o mundo e em Portugal já podemos contar com uns quantos espaços onde soltar os amigos de quatro patas, nomeadamente na Grande Lisboa, Olhão, Viseu, Bona e Matosinhos. O primeiro parque canino de Lisboa denomina-se Benficanino e fica localizado no Parque Silva Porto (Mata de Benfica).

Havendo cada vez uma maior consciência de que para os cães serem felizes necessitam de actividade física e socialização, surge a necessidade da criação deste tipo de espaços. Deste modo, a população de Évora está a juntar-se para ter o seu primeiro parque canino. Esta iniciativa partiu de um grupo de amigos e rapidamente contagiou um grande número de eborenses. Estivemos à conversa com Catarina Bacelar, uma das pioneiras desta iniciativa, para saber a história que está por trás desta ideia e qual o rumo que irá tomar nos próximos tempos. Abaixo segue a entrevista.

Rita Marques . 08-02-2018

Foto de Catarina Espanca Bacelar.

“Pipe e Balu, ansiosos pelo seu parque!
Foto: Rita Ramalho Dias”

 

De quem partiu a iniciativa?

De 4 amigos, Rita Dias, Ricardo Margalho, Carlos Ribeiro e eu, Catarina Bacelar. Conhecemo-nos há 3 anos quando adotámos dois cachorrinhos pretos, o Balu e o Pipe. São os dois cães lindos que aparecem na foto de capa do grupo do Facebook. Tinham sido abandonados nas ruas de Évora na mesma altura.

O Balu foi recolhido pelo canil municipal, e a Rita e o Ricardo, voluntários no canil, apaixonaram-se logo por ele.

O Pipe foi encontrado pela minha cunhada que lhe ia passando por cima com o carro. O Carlos e eu entendemo-nos logo com ele e nunca mais o largámos.

Nós os quatro, ou melhor seis, conhecemo-nos quando nos cruzámos na rua e vimos que os cães eram muito parecidos. Começámos logo a falar, só podiam ser irmãos! A partir daí começámos a marcar encontros frequentes para os manos brincarem um com o outro.

 

Como surgiu a ideia?

A ideia surgiu precisamente da necessidade de espaços onde os pudéssemos soltar, onde eles pudessem correr e brincar à vontade, pois por lei, os cães têm de andar com trela e quem tem cão sabe que brincadeira com trela acaba num grande enleio.

Falando em bem-estar animal, é fundamental que os cães corram e brinquem com outros cães. Os cães são animais sociais e os parques caninos podem ser ótimos espaços de sociabilização, ajudando a prevenir alguns problemas comportamentais e melhorando bastante a qualidade de vida dos cães.

O Pipe, o Carlos e eu vivemos algum tempo em Viena, na Áustria, e lá há parques caninos em todo o lado, de todas as formas e feitios, desde uns mais simples e pequenos até parques em que não vemos o fim, com pistas de obstáculos e até lagos. Por isso, quando voltámos para Évora, vínhamos mal-habituados.

Na Áustria, os cães podem entrar em lojas e restaurantes. Nos parques, habituam-se à presença uns dos outros e gastam as energias, por isso quando entram em espaços fechados, como por exemplo restaurantes, mantêm-se calmos. Normalmente deitam-se debaixo da mesa e aí ficam, sem tentar subir para as mesas ou sem ladrar a outros cães que apareçam. Obviamente que aqui também há algum treino por parte dos tutores para que se mantenham deitados estando comida em cima da mesa, não fossem eles cães.

E agora que parece que os patudos vão começar a poder entrar em restaurantes aqui em Portugal, temos mais esta razão para que se criem muitos parques caninos.

 

Já contactaram a Câmara Municipal de Évora? Qual a resposta?

Já andávamos há algum tempo a contactar a CME, mas ainda não tínhamos resposta. Decidimos então criar o grupo “Por um Parque Canino em Évora” no Facebook, até para perceber se a necessidade do parque seria só nossa, e em menos de uma semana chegámos aos 2000 membros! Como se costuma dizer, os números falam por si.

Entretanto, já conseguimos marcar uma reunião com a CME. Esperamos poder dar boas notícias em breve. As novidades serão publicadas no grupo do Facebook. 😉

Muito obrigado, Rita Marques e Monte dos Animais, por nos ter dado oportunidade de falar mais um pouco sobre este tema tão importante para os nossos patudos!

 


 

Agora que já sabem como tudo começou não percam as novidades, mantenham-se a par no grupo do facebook Por um Parque Canino em Évora. Quem sabe, num futuro próximo, o que mais se vai ouvir é: “Vemo-nos no Parque!”.

Um pensamento sobre “Parque canino em Évora – 1º Dog Park do Alentejo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s